A importância da estratégia de inbound marketing para indústrias

A importância da estratégia de inbound marketing para indústrias

Oferecer conhecimento por meio de conteúdo relevante e de alta qualidade é essencial para desenvolver o relacionamento com o público-alvo. Essa é a base do marketing de conteúdo, estratégia que explicamos no primeiro post dessa série direcionada para indústrias. Entretanto, não adianta produzir e publicar materiais se eles não chegarem a quem realmente importa, concorda? Ao fazer isso, sua empresa continua falando para a multidão, sem conseguir alcançar realmente os potenciais clientes. É neste ponto que a estratégia de inbound marketing para indústrias entra em ação.

Bom, não estamos dizendo que o marketing de conteúdo sozinho não gera bons resultados. Ele proporciona, sim, mas pode apresentar métricas ainda melhores quando associado ao inbound marketing. Isso acontece porque essa estratégia é a responsável por entregar o conteúdo para as pessoas certas, utilizando as ferramentas mais apropriadas para isso. O objetivo é, então, direcionar os materiais produzidos no marketing de conteúdo para que o público-alvo realmente os receba, consuma e, assim, otimize os resultados da indústria. Resumindo: o marketing de conteúdo é a mensagem e o inbound marketing é o meio pelo qual essa mensagem é distribuída. Vamos explicar melhor!

A diferença entre marketing de conteúdo e inbound marketing

O termo inbound marketing foi criado pela HubSpot para definir ações cujo objetivo é fazer com que uma marca seja facilmente encontrada no ambiente digital (por mecanismos de busca, site, redes sociais). Essa ideia está ligada à geração de leads, ou seja, à transformação de visitantes em contatos qualificados, o que aumenta as chances de venda e ainda tem um papel essencial na fidelização dos clientes. O inbound marketing é, inclusive, a estratégia responsável por fazer com que esses clientes tornem-se verdadeiros embaixadores da sua empresa, indicando seus produtos ou serviços sempre que houver uma oportunidade.

Uma boa analogia para explicar essa diferença de forma clara é o mecanismo de um carro. Por mais potente que seja o motor, o veículo sempre precisa de combustível para funcionar. Quando passamos esse princípio para a estratégia digital, podemos dizer que sua indústria é o carro, o inbound marketing é o motor e o marketing de conteúdo é o combustível. Entende por que sem o marketing de conteúdo o inbound não acontece?

Por que investir em inbound marketing vale a pena?

A sua indústria deve investir em inbound marketing porque a estratégia:

  • Considera as necessidades do público-alvo: seus produtos são apresentados como soluções para as reais necessidades dos clientes. O objetivo é ouvir o público-alvo, entender os problemas que tem e oferecer respostas para todos eles. É isso o que as pessoas procuram e sua indústria vai suprir essa demanda, tornando-se referência no segmento.
  • Tem performance baseadas em dados: com essa estratégia os palpites não têm vez. Qualquer ação, do planejamento à análise dos resultados, é baseada em informações concretas, coletadas a partir de pesquisas e estudos do mercado e do comportamento dos consumidores.
  • Mostra o caminho certo: ainda seguindo a ideia do item anterior, são esses dados que direcionam cada passo, confirmando ou não o sucesso deles. Dessa forma, além de gastos com aquilo que não traz os resultados esperados serem evitados, ações podem ser ajustadas em tempo hábil para que não gerem prejuízos, por exemplo.
  • Garante um ROI satisfatório: uma das métricas mais importantes em qualquer estratégia é o Retorno por Investimento (ROI), que é obtido com o resultado que uma ação gerou. O inbound marketing garante que o investimento realizado proporcione um bom retorno, principalmente pelo fato de que a estratégia pode ser aprimorada ao longo da execução. Como consequência, os gastos de tempo e recursos são reduzidos e a indústria lucra mais.
  • Direciona o conteúdo para as pessoas certas: como vimos, o inbound marketing não visa apenas divulgar seu portfólio, mas aprofundar o relacionamento com os clientes. Por isso, a estratégia evita que sua marca trabalhe sem ter uma direção, fazendo com que ela seja encontrada exatamente por quem está interessado nos seus produtos.

O perfil do público da indústria

Para alcançar de fato os potenciais clientes, sua indústria precisa conhecê-los muito bem. E esse conhecimento é obtido com a criação de um perfil, chamado de persona, que represente ao máximo esse grupo de pessoas, com informações padrões sobre elas. É dessa forma que você descobre com quem deve falar e como deve agir para que a comunicação seja assertiva. No caso das indústrias, a abrangência de público pode variar de acordo com o tipo de negócio:

  • Business to Consumers (B2C): são aquelas empresas que trabalham direta ou indiretamente com o consumidor final, podendo, portanto, ter um público-alvo mais abrangente. Consequentemente, pode ser necessário ter várias personas.
  • Business to Business (B2B): lidam com outras empresas, pois produzem matéria-prima ou peças para que os clientes produzam seu portfólio, por exemplo. Normalmente, essas indústrias têm um público mais restrito.

Ter essas informações bem detalhadas vai impactar diretamente nos resultados da sua estratégia. Por isso, analise o seu público e faça pesquisas com os atuais clientes para entender as necessidades que têm e o que esperam da sua indústria. Para entender melhor sobre esse assunto, baixe gratuitamente o nosso e-book. Com ele, você vai aprender a criar as personas da sua empresa.

Clique aqui e baixe grátis o e-book sobre Inbound Marketing

Como aplicar a estratégia de inbound marketing para indústrias

Após definir suas personas, você vai estar pronto para realizar o seguinte passo a passo:

1 – Defina seus objetivos

O sucesso de qualquer negócio exige um alto conhecimento de como está o mercado em que atua. Em outras palavras, é preciso saber onde está pisando e com quem está lidando. Essas informações podem ser obtidas com uma pesquisa de mercado e são essenciais para estabelecer objetivos para a sua estratégia. Afinal, o que você deseja alcançar com o inbound marketing? Aumentar o número de visitantes do blog, conquistar mais leads, impulsionar as vendas? Lembre-se que as metas precisam ser claras, realizáveis e relevantes para o contexto geral da ação.

2 – Use conteúdo de valor

No início do texto, comentamos bastante sobre a parceria entre marketing de conteúdo e inbound marketing e é agora que ela vai entrar em ação. O principal ponto é que não há como gerar leads sem bom conteúdo, por isso, sua indústria deve investir em uma produção extremamente relevante. Mas lembre-se que as informações precisam realmente fazer a diferença para o público-alvo, levando conhecimento de forma interessante e inteligente. Você também deve definir a frequência de publicação e os canais que devem ser utilizados: blog, redes sociais, e-mails marketing e assim por diante.

Neste ponto é preciso destacar a importância dos materiais ricos (e-books, infográficos e alguns tipos de vídeos e áudios) para a captação de leads. Esses formatos permitem trabalhar com informações mais aprofundadas sobre determinado tema e podem ser disponibilizados gratuitamente para os interessados, desde que deixem alguns dados de contato, como o e-mail, em landing pages (páginas de destino) para fazer o download. É assim que os visitantes tornam-se contatos qualificados e você consegue estreitar o relacionamento com eles.

3 – Faça uma divulgação assertiva

O passo seguinte diz respeito à divulgação do conteúdo. Por isso, analise onde o seu público-alvo marca presença e divulgue nesses espaços. Uma importante ação nesse sentido é a divulgação paga nos buscadores, como o Google Adwords. Essa ferramenta proporciona ainda mais visibilidade para sua indústria, potencializando o número de acessos ao seu site, sem fazer uma propaganda agressiva. Uma das grandes vantagens é que sua marca apenas será apresentada para aqueles que estão pesquisando sobre sua área e, portanto, estão realmente interessados no que você oferece.

Outra importante forma de divulgação são as redes sociais, onde as pessoas passam grande parte do tempo em que estão on-line, consumindo e compartilhando conteúdo. Quando um material é engajador, a divulgação acontece naturalmente, com a ajuda dos próprios seguidores. Conseguir destaque nesses canais, entretanto, não é uma tarefa fácil e, por isso, investir em posts patrocinados também é recomendado.

4 – Transforme seus leads em clientes

É importante ressaltar que a estratégia não termina no momento em que se consegue o contato dos visitantes. Lembra quando comentamos que o inbound marketing tem o objetivo de trabalhar o relacionamento com os potenciais clientes para que se tornem efetivamente clientes? Para isso, o inbound marketing desenvolve ações ao longo de toda a jornada do consumidor, ou seja, entrega informações aos leads de acordo com a etapa em que estão do relacionamento. Assim, as pessoas passam por um processo de qualificação, que vai desde o momento em que deixam um contato para a sua indústria até aquele em que compram seus produtos.

E tem mais! A estratégia deve continuar no pós-venda, para que os clientes tornem-se verdadeiros embaixadores da sua marca. A ideia é fazer com que fiquem muito satisfeitos e passem a indicar voluntariamente seus produtos. E aqui chegamos ao famoso marketing boca a boca, uma das formas mais tradicionais e eficazes de divulgação.

O inbound marketing é essencial para garantir que a presença on-line da sua indústria impacte de forma positiva nas vendas. Entre em contato com a nossa equipe e confira como essa estratégia pode ser aplicada no seu dia a dia! Nós, da Humantech, analisamos suas necessidades e as do seu público para gerar resultados consistentes para o seu negócio!

Clique aqui e baixe grátis o e-book sobre as possibilidade do novo marketing na indústria

Tópicos:

Comentários