Sites para a indústria: a melhor forma de marcar presença na internet

Sites para a indústria: a melhor forma de marcar presença na internet

Entre a responsabilidade de fabricar, estocar, divulgar, vender e resolver uma série de outras pendências, desenvolver estratégias digitais acaba ficando em segundo plano para quem trabalha com manufatura. Pensar em sites para a indústria, então, é, muitas vezes, uma atividade que não recebe a devida atenção. E essa falha vai desde os que ainda não contam com páginas na internet até aqueles que possuem, mas fazem de qualquer jeito.

No entanto, o risco de não valorizar o ambiente digital é altíssimo, sob pena de tornar a marca invisível para muitos possíveis clientes ou despertar desconfiança em quem procura pela sua indústria na internet. Afinal, qual é a primeira atitude que muitas pessoas tomam hoje quando escutam o nome de uma empresa ou recebem alguma indicação? Buscam no Google, correto?

Montar um site funcional, atraente e com bom conteúdo proporciona uma série de vantagens para qualquer empresa, ainda mais para a indústria, que precisa mostrar seus produtos de forma atrativa para o público-alvo. Além disso, coloca o negócio no mapa digital da internet, que premia quem faz um bom trabalho.

O que os sites para a indústria precisam ter

O site precisa ser funcional, deve atuar como uma espécie de sede eletrônica da empresa. As pessoas precisam entrar na página e encontrar todas as informações necessárias sobre o negócio. E isso começa pelo mais básico, que, muitas vezes, também é o mais importante, como a história do empreendimento, a missão, os valores, as políticas adotadas, os serviços ou produtos oferecidos, o endereço físico e os telefones e e-mails para contato.

Esses dados são essenciais para que a pessoa entre no site e descubra, logo de cara, se a indústria oferece o que ela procura, se tem experiência no que oferece e como se comunicar caso o interesse se concretize. Se não encontrar o básico, as chances de você perder o cliente para o concorrente são altas.

Imagine que uma pessoa precise de um produto que você oferece e recebe a indicação da sua indústria. Para ter mais informações, ela procura no Google. No entanto, aparecem apenas dados disponibilizados de terceiros, como listas telefônicas. Qual a impressão que vai ficar para esse potencial cliente? A pior possível, não é mesmo? Mas a situação pode se complicar mais ainda se surgir, logo na sequência, o nome de um concorrente que tem um site bem organizado e completo.

Então, nada de depender de informações repassadas por terceiros. Monte um site com um boa estrutura e, junto aos dados básicos que citamos antes, inclua informações de prêmios e certificações que a sua indústria possui, mostrando o que eles representam para a empresa e o significado para o contexto do negócio. Isso ajuda a passar credibilidade e uma sensação de confiança para os possíveis clientes se interessarem ainda mais pela sua marca.

Para o público-alvo de uma indústria, por exemplo, a certificação ISO 9001:2015 demonstra que há uma real preocupação com a gestão da qualidade e, portanto, um interesse em desenvolver processos baseados nas melhores práticas de fabricação e controle da produção. Você demonstra que o futuro cliente pode confiar em estabelecer uma parceria, pois nada é feito de qualquer jeito na sua empresa.

Portfólio eletrônico de produtos

A indústria vive de vender seus produtos, certo? E muitas empresas ainda fazem a apresentação desse importante ativo por meio de catálogos impressos, que, além de gerarem custos ambientais e para o negócio, ficam facilmente desatualizados, pois qualquer lançamento força a impressão de um novo material de divulgação.

Com o site, no entanto, a indústria consegue agregar uma ferramenta importante despertar a atenção e conquistar um novo cliente: o catálogo eletrônico. Moderno e com informações sempre atualizadas, ele pode ser acessado de qualquer lugar e a qualquer momento. Se estiverem organizadas e forem pensadas estrategicamente, as informações sobre os produtos contidas nele podem ser transformadas em conteúdo poderoso para conquistar de novos clientes e fidelizar aqueles que já são, uma vez que terão novidades sempre disponíveis.

Marketing

Ter um site bem estruturado pode fazer parte ou mesmo ser o ponto de partida para uma ampla estratégia de marketing digital, que utiliza um conjunto de técnicas e ferramentas para fortalecer a presença da marca na internet e conquistar os clientes que estão cada vez mais presentes no ambiente digital.

Antes de mais nada, a presença no meio eletrônico já é, em si, um grande passo. Isso faz com que os buscadores, como o Google, encontrem sua empresa e apresentem ela nos resultados de busca dos clientes. Se você fabrica conectores elétricos, por exemplo, e alguém procurar por esse produto, é possível que sua marca apareça.

Essa probabilidade, no entanto, depende também de alguns outros fatores, entre eles a adequação às técnicas de SEO (Search Engine Optimization), que aumentam as chances do Google enxergar seu conteúdo como relevante e de qualidade para quem realiza as buscas.

De modo geral, SEO é definido como um conjunto de práticas e técnicas utilizadas para posicionar sites nas melhores posições dos resultados de mecanismos de busca (Google, Yahoo, Bing) a partir da otimização do conteúdo. Em outras palavras, é por meio desses mecanismos que determinado domínio aparece no topo da lista de sites quando uma pessoa procurar por informações no Google, por exemplo.

Para fortalecer ainda mais a estratégia e aumentar as chances de ser encontrado, a empresa ainda pode utilizar as técnicas e as ferramentas do marketing de conteúdo, como blogs, redes sociais, e-mails marketing, vídeos, e-books e infográficos. Esse volume de conteúdo estará ancorado no site e, consequentemente, aumentará o tráfego e a geração de novos clientes.

Se você quiser saber mais sobre o marketing de conteúdo, clique no botão abaixo e faça o download do nosso e-book.

Clique aqui e baixe grátis o e-book sobre as possibilidade do novo marketing na indústria

Cuidado com a aparência do site

Todas essas informações e estratégias que mencionamos não podem ser dispostas de qualquer jeito. O site precisa ser construído por um profissional, que utilizará uma série de técnicas que facilitam a leitura e a busca das informações na página. A escolha das cores corretas aliada a um bom posicionamento das informações e das imagens são fundamentais para atrair e conquistar o público.

A importância de ser responsivo

Com a popularidade dos tablets e smartphones, uma empresa não pode se dar ao luxo de ignorar os dispositivos móveis na hora de construir um site. É fundamental que ele seja responsivo, ou seja, que se adapte ao tamanho da tela para facilitar a leitura.

Que tal começar a montar seu site agora mesmo? Procure a Humantech! Nós temos uma equipe de especialistas que ajuda você tanto no desenvolvimento de uma página ideal para sua indústria como na construção e aplicação das estratégias digitais. Conte com a gente!

Tópicos:

Comentários